Textos nºs 38 e 39 da Série Estudos Econômicos – CAEN estão disponíveis para leitura

4 de outubro de 2019

Estão disponíveis novos textos que integram a Série de Estudos Econômicos do CAEN a qual é composta de artigos produzidos pelos docentes do Programa de Pós-Graduação em Economia (CAEN/UFC) em coautoria com alunos e egressos dos Programas de Pós-Graduação em Economia da UFC (CAEN e PEP) sobre temas da atualidade cujo propósito é motivar a leitura e incentivar a participação da comunidade acadêmica através de contribuições acerca de determinado objeto de estudo.

A seguir, relacionamos os últimos números publicados, com os respectivos links para acesso.

Texto nº 38 – Análise da Tributação de Mão de Obra em Orçamentos de Obras e Serviços de Engenharia do Governo do Estado do Ceará
Autores: Ronald Linhares Ferreira Gomes (PEP/UFC) e Paulo Rogério Faustino Matos (CAEN/UFC e PEP/UFC)
Resumo: O artigo tem por finalidade analisar a tributação de mão de obra na elaboração dos orçamentos de obras públicas do Estado do Ceará. Comparando a adoção do sistema de horista com o de mensalista na montagem dos orçamentos, que tem como base a Tabela da SEINFRA de propriedade do Governo do Estado do Ceará. Para ter condições paramétricas, foram utilizados dados de todas as obras públicas pagas pelo governo estadual durante o período de 2015 a 2018. A análise realizada mostra que com a mudança no regime de tributação na elaboração dos orçamentos, o ente público estadual poderia economizar 6,41% do montante pago no período, o que equivaleria a aproximadamente R$ 67 milhões anuais.

Texto nº 39 – Worldwide banking cycle synchronization
Autores: Paulo Rogério Faustino Matos (CAEN/UFC e PEP/UFC); Cristiano da Costa da Silva (CAEN/UFC) e Wilson Silva Oliveira (PEP/UFC)
Resumo: We add to the discussion on the transmission of business cycles, by modeling worldwide banking sector indices cycle synchronization. We find that the respective physical distance and trade balance are able to impact the wavelet coherency. We also find regions of strong and significant coherency between NAFTA partners, and in the European core: France, Germany and United Kingdom. Concerning such trade blocs, based on the multiple coherence, partial coherence, partial phase-difference and partial gain, we find a strong performance in the period 2010-2012 in all frequencies, a period characterized by the sovereign debt crisis in some European countries.

Marcadores: